Yekaterina Barak

Russa do Deserto

Description:

Yekaterina Alexeyevna Barak

Alta (1,75), atlética (65kg), bela, cabelos louros, olhos azuis, pele bronzeada pelo sol do deserto, 20 anos.

Cleric lvl 12

XP Bonus: +10%
XP: 400.186

ABILITIES

STR 10
INT 10
WIS 16
DEX 10
CON 9
CHA 13

HP: 48

AC:-7/-10 (H:-3/3; mace)

THAC0: 15 (base) + 6 (Master in Maces; [P=A]) + 3 (Mace+3) = 8

WEAPONS

Mace: 2d4+4 (Master in Maces)+3 (weapon magic bonus)= 2d4 +7
Blackjack: 1d2

SKILLS

Wisdom: Ceremony, Law & Justice
Charisma: Persuation, Leadership
Dexterity: Riding, Healing

MOUNT

War Horse (Plate Barding)

TREASURE

Carried: 73 mangos; 10 pratas; 8 merrecas; 1 tiara (1.300 mangos)

On mount/transport: 900 mangos, 2000 pratas

In Godrixia: ?

EQUIPMENT

Worn: Belt, boots, cloack, fine clothes, backpack, Plate Mail +3, Shield +2, Ring of Protection +4.

Carried: Backpack (2 large sacks, 50’rope, 6 torches, tinderbox, comercial map Dufour-Bergotten, scroll of protection from lycantropy, scroll of fire protection. Belt (sap).

On mount/transport: large sack 1 (iron rations – 2 weeks, horse rations – 2 weeks), waterskin.

In Godrixia: -

Atualizado em 13/03/2013

Bio:

Filha de Alexei, o Terrível, líder dos Baraks, principal tribo nômade do Deserto. Viúva de Vasyia Barak, guerreiro com quem seu pai a casara devido ao valor militar deste. De espírito guerreiro, sentia-se desconfortável na posição secundária que seu papel de mulher do líder a colocava. Planejava matar seu marido e tomar seu lugar como líder, mas temia a reação dos seguidores deste. Contudo, conseguira o papel de segunda em comando em todas as questões exceto as militares.

Tromus planta na mente de Godrix a ideia de encorajá-la a assassinar seu marido. Godrix comunica a ela que a ajudará no plano, imaginando que tratará-se de algo sutil. Contudo, ela ataca-o a cavalo, em plena luz do dia e de todos, acusando-o de ser infiel. Mobiliza mais homens do que Vasyia, além de Godrix e Laio, vencendo o embate. Ganha assim moralpara liderar os homens, pois embora a maioria perceba a desculpa como falsa, apreciam a capacidade e coragem de atacar o melhor guerreiro dentre eles sem subterfúgios, ainda que de surpresa e, mais importante, apreciam sua vitória sobre ele. Devota zelosa de Tromus, parte com seu bando para encontrar-se com seu pai, afim de parlamentar com ele sobre seus planos e sua nova fé.

Alexei, o Terrível, porém, não vê com bons olhos as medidas de sua filha e passa o poder do bando a um outro homem da linhagem de Vasyia, retirando-lhe do posto de líder que alcançara, alegando que seu povo nunca vira uma mulher no comando e isto iria contra as tradições, quando na realidade, os postos de chefia dos bandos costumavam ser oferecidos por questões políticas visando unificação de todos os Baraks sob o mesmo líder.

Yekaterina viu aquilo como uma grande desonra e imensa injustiça, sentindo-se humilhada. Diz que com a ajuda de Tromus fará seu pai se ajoelhar ante sua irresistível liderança e sai em busca de Godrix, encontrando apenas seu grupo de aventureiros, anunciando sua morte.

Promete a Tromus seguir com a obra de Godrix e enaltecer seu nome daquele dia em diante, juntando-se a Laio, Leonel, Bahadur e Aron.

Yekaterina Barak

Contos Draconianos balbi