Contos Draconianos

A Chagada na Ilha

" Faltava apenas 1 dia de viagem quando avistamos a Ilha. Uma ilha com formato de ferradura, uma grande fumaça saindo de seu vulcão.
Por descuido do capitão da noite, entramos rapido de mais e a forte conrentesa nos puxou para dentro da baia onde aparentemente nao tinha um bom lugar para aportara.Uns corais e uns pedaços de navios me davam a impressao que nao estavamos indo pelo caminho certo até que encalhamos em um banco de areia, menos mau o navio ainda esta inteiro.
Sose entao nos levou até uma margem, primeiro foi Laio e Aron e os outros em seguida.
Ao chegar vimos 2 corpos, homens de Dufuor mortos em combate. Aron olhando em volta, acha uma trilha, uns 12 homens ele diz.
Despois de algumas horas de caminhada Bahadur escuta alguma coisa. Passos de gigante. Dois pra ser exato. imediatamente Bahadur e Sose se preparam para flanquear os gigantes que estavam conversando em uma clareira, sem que os gigantes vissem, Iekaterian resa por um Hold Person que falha. Depois de algum tempo resolvem ir de maneira “pacifica”. Iekaterina tomou a frente da discursao, ninguem tava entendendo nada que eles estavam falando. Então surgiu a ideia, deve ter sido uma benção de Tromus, Iekaterina saca uma poçao de Diminution e persuade o gigante de beber o liquido como se foçe uma tradição. Eu me ofereci a beber a bebida deles, um repelente, o que nao foi agradavel mas enfim, poucos instantes depois o gigante tinha apenas um palmo de altura, genial ! O outro foi facil. E bom, onde tem gigantes tem tesouro, tetamos seguir seus rastros que acabou nos levando a um rio de agua quente. Sose atravessou a mim e Bahadur, usei invisibilidade na gente e seguimos os rastros dos gigantes. Achamos o lar, e lá tinham outros 2 gigantes, como estavamos sozinhos voltamos. Ao pisar de volta do outro lado do rio, vimos 2 homens, com roupas de Dofuor, correndo e outros 3 ou 4 homens com roupas de piratas correndo atras. encontramos com os outros e voltamos a clarera dos gigantes, quiriamos descobrir pra onde ia o rastro dos 12.
Aron, Bahadur e Sose procuraram a trilha e nos levaram a té a um paredão a oeste, achamos a entrada da caverna mas como estava tarde dormimos.
Ao decermos até a caverna vimos um barco e alguns piratas, entramos em combate. Laio, Iekaterina e Sose desceram até a praia em quanto nós atacavamos a distancia. Apenas 1 conseguiu fugir, ele carregava apenas um tridente, pulou no mar e sumiu. Eram piratas saido de perto de Ogarime, conrtatados por um grupo de Dufuor."

Comments

catatrow

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.