Contos Draconianos

O Emissário, o Espião e a Grande Sombra

Godrixia recebe comitiva de Dracônia; descobrem espião; tem surpresa desagradável.

Yekaterina faz grandes cerimônias para atrair a benção de Tromus, conseguindo inspirar bem seus soldados e as demais tropas de Muriel, em sua maioria tementes ao deus, mas sem o mesmo efeito nas restantes.

Em 15 de Verde, Guy de Dracônia, primo do Rei Draco I, de Dracônia, chega em comitiva. Yekaterina o acompanha até o pátio, solicitando que aguarde a chegada dos demais. Guy oferece a ajuda de Dracônia, cujo exército ele alega ter se recomposto parcialmente.

Almoçam juntos, discutem os termos do acordo, Baudolino levantando dúvidas sobre a capacidade de Godrixia de exercer sua soberania, sendo censurado discreta e efetivamente por Yekaterina. Nisso, Baudolino e Lisa, clériga da comitiva de Dracônia notam ruído próximo à porta. Surpreendem espião, que estava disfarçado de Luciano, tenente dos balesteiros da Companhia Dourada de Baudolino. Yekaterina e Baudolino o levam para interrogatório em sala reservada. Lá descobrem que se chama Fabrício e deduzem que está a serviço dos piratas.

Como não fornece muita informação, Yekaterina decide sacrificá-lo em cerimônia pública, mas o impacto da cerimônia é diminuído pela percepção de grande sombra sobre os presentes.

O navio pirata voador chegou e os atacantes descem voando.

Comments

Editei duas coisas: primeiro, pus links onde achei que devia; segundo, as cerimônias de Yekaterina tb tinham inspirado as tropas regulares de Muriel, não só as dela, então mudei isso tb.

HeitorCoelho

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.